"QUANTO A MIM, TENHO QUE LHES DIZER QUE AS ESTRELAS SÃO OS OLHOS DE DEUS VIGIANDO PARA QUE TUDO CORRA BEM. PARA SEMPRE. E, COMO SE SABE, SEMPRE NÃO ACABA NUNCA." (CLARICE LISPECTOR)



sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

E agradeça se um dia encontrar... Um amor... Um lugar... Pra sonhar...


[Já dá pra me chamar de “amor”. Combinado. Provisoriamente, vamos apelidar isso de “amor”, até que ele cresça, aprenda a falar e, quem sabe, cale nossas bocas. (...)
Às vezes, dois se encontram no meio de tanta gente chata, feia e sem graça, como duas canoinhas que se cruzam no meio do oceano Atlântico. E tudo isso é tão grande, tão precipitado, tão absurdo, que quase não é real, quase não é amor, quase fica sem nome.]



Eu ainda lembro o dia em que eu te encontrei... Eu ainda lembro como era fácil viver... Ainda lembro...



0 comentários:

Postar um comentário