"QUANTO A MIM, TENHO QUE LHES DIZER QUE AS ESTRELAS SÃO OS OLHOS DE DEUS VIGIANDO PARA QUE TUDO CORRA BEM. PARA SEMPRE. E, COMO SE SABE, SEMPRE NÃO ACABA NUNCA." (CLARICE LISPECTOR)



terça-feira, 31 de maio de 2011

A Revolução da Alma...


"Ninguém é dono da sua felicidade, por isso não entregues a tua alegria, a tua paz, a tua vida, nas mãos de ninguém, absolutamente de ninguém. Somos livres, não pertencemos a ninguém e não podemos querer ser donos dos desejos, da vontade ou dos sonhos de quem quer que seja.

A razão da tua vida és tu mesmo. A tua paz interior é a tua meta de vida. Quando sentires um vazio na alma, quando acreditares que ainda está faltando algo, mesmo tendo tudo, remete o teu pensamento para os teus desejos mais íntimos e busca a divindade que existe em ti. Pára de colocar a tua felicidade, cada dia, mais distante de ti.
.
Não coloques objetivos longe demais de tuas mãos, abraça os que estão ao teu alcance, hoje. Se andas desesperado por problemas financeiros, amorosos ou de relacionamentos familiares... busca no teu interior a resposta para te acalmares, tu és o reflexo do que pensas diariamente. Pára de pensar mal de ti mesmo e sê teu melhor amigo, sempre.
.
Sorrir significa aprovar, aceitar, felicitar. Então, abre um sorriso para aprovar o mundo que te quer oferecer o melhor. Com um sorriso no rosto, as pessoas terão as melhores impressões de ti e tu estarás afirmando para ti mesmo, que estás 'pronto' para seres feliz.
.
Trabalha, trabalha muito a teu favor. Pára de esperar a felicidade sem esforços. Pára de exigir das pessoas, aquilo que nem tu conquistaste, ainda. Critica menos, trabalha mais.
.
E não te esqueças, nunca, de agradecer. Agradece tudo que está na tua vida neste momento, inclusive a dor. A nossa compreensão do universo, ainda é muito pequena para julgar o que quer que seja na nossa vida.
.
A grandeza não consiste em receberes honras, mas, sim, em merecê-las."
(Texto escrito no ano 360 A.C)


P.S. Recebi essa msg hoje por e-mail de uma pessoinha que me faz um bem danado: Paulo de Tarso. E ela veio no momento certo. Obrigada meu anjo.

segunda-feira, 30 de maio de 2011

É tempo de aprender...


"E agora eu preciso
abrir
os olhos de dentro,
mudar
 as lentes e desamparar
as dúvidas.

Porque tem dias que a
vida
fica mesmo tão pequena quando o
amor
não me olha de
volta..."

À flor da pele...


"Hoje estou sensível
a qualquer palavra,
a qualquer gesto,
a qualquer coisa.
Hoje me limito a não dizer,
a não fazer, ou entender.
Quero somente que minha solidão me acalme..."

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Porque eu sou feita pro amor...


"Você pode me ver
Do jeito que quiser
Eu não vou fazer esforço
Pra te contrariar
De tantas mil maneiras
Que eu posso ser
Estou certa que uma delas
Vai te agradar
...


Porque eu sou feita pro amor
Da cabeça aos pés
E não faço outra coisa
Do que me doar


Se causei alguma dor
Não foi por querer
Nunca tive a intenção
De te machucar...


Porque eu gosto é de rosas
E rosas e rosas
Acompanhadas de um bilhete
Me deixam nervosa...


Toda mulher gosta de rosas
E rosas e rosas
Muitas vezes são vermelhas
Mas sempre são rosas...


Se teu santo por acaso
Não bater com o meu
Eu retomo o meu caminho
E nada a declarar

Meia culpa, cada um
Que vá cuidar do seu
Se for só um arranhão
Eu não vou nem soprar...


Porque eu sou feita pro amor
Da cabeça aos pés
E não faço outra coisa
Do que me doar..."

Mar... aMAR...

Frase da foto: Sophia de Mello Breyner Andresen
Foto tirada por mim.



"Mar é que nem amor
abre uma ferida que não fecha."
(Paulo - coisasdochao.blogspot.com)



"Onde já se viu o mar apaixonado por uma menina? Quem já conseguiu dominar o amor? Por que é que o mar não se apaixona por uma lagoa? Porque a gente nunca sabe de quem vai gostar..." (O Teatro Mágico)

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Talvez seja isso que acontece, quando um furacão encontra um vulcão...


"Só alguém como você é capaz de causar raiva ou rancor. Muitas pessoas pousam, muitos amores possíves não vingam, muitas paixões não dão certo. Choro, me culpo, me arrependo, permito, desisto, persigo, corro, dou as costas, piso, sinto saudade, me precipito, telefono, me atraso. Sim, no mundo existem mil pessoas capazes de nos despertar amor, se a gente parar pra sentir.

Mas raiva e rancor? (Risos) Raiva e rancor só merece quem se foi sem uma explicação convincente e nunca mais sequer procurou, deixando lacunas que nenhum outro adeus até hoje teve audácia de apagar. Pra você - e não menos que alguém
como você - guardei e dedico toda minha raiva e rancor. E o meu amor também."

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Eu tenho muitos amigos... Mas quando eu mais preciso... Eu só tenho você...

 
"Porque a força de dentro é maior, maior que todos os ventos contrários."
 (Caio Fernando Abreu)


 
"Eu não tenho muitas respostas e as que tenho são impermanentes, como os invernos, os dias de céu de cara amarrada, os lugares de dor, os abismos todos, o bom uso das asas, os fios desencapados, as medidas e as desmedidas. Tudo passa, o que queremos e o que não queremos que passe, a tristeza e o alívio coabitam no espaço desta certeza. Eu não tenho muitas respostas. O que eu tenho é fé. A lembrança de que as perguntas mudam. Um modo de acreditar que os tiquinhos de sol possam sorrir o suficiente para desarmar a sisudez nublada de alguns céus. E uma vontade bonita, toda minha, de crescer."

P.S. Há de passar essa tempestade. Há de curar essa cicatriz.
 Momentos de provações também passam. E esse há de passar logo logo.
 

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Vou te fazer um pedido... Tempo tempo tempo tempo...


"Muitas vezes temos que dar tempo ao tempo. Outras vezes, temos que arregaçar as mangas, e resolver - nós mesmos - determinada situação. Neste caso, não existe pior coisa do que adiar."

sábado, 7 de maio de 2011

Como é grande o meu amor por vocês...


"Porque antes de ser mãe...

Eu fazia e comia os alimentos ainda quentes. Eu não tinha roupas manchadas, tinha calmas conversas ao telefone.

Antes de ser mãe, eu dormia o quanto eu queria.  Nunca me preocupava com a hora de ir para a cama. Eu não me esquecia de escovar os cabelos e os dentes.

Antes de ser mãe, eu limpava minha casa todo dia. Eu não tropeçava em brinquedos e nem pensava em canções de ninar.

Antes de ser mãe, eu não me preocupava: Se minhas plantas eram venenosas ou não. Imunizações e vacinas então, eram coisas em que eu não pensava.

Antes de ser mãe, ninguém vomitou e nem fez xixi em mim, nem me beliscou sem nenhum cuidado,  com dedinhos de unhas finas.

Antes de ser mãe, eu tinha controle sobre a minha mente, meus pensamentos, meu corpo e meus sentimentos, e dormia a noite toda.

Antes de ser mãe, eu nunca tive que segurar uma criança chorando, para que médicos pudessem fazer testes ou aplicar injeções. Eu nunca chorei olhando pequeninos olhos que choravam. Nunca fiquei gloriosamente feliz com uma simples risadinha. Nem fiquei sentada horas e horas olhando um bebê dormindo.

Antes de ser mãe, eu nunca segurei uma criança,  só por não querer afastar meu corpo do dela. Eu nunca senti meu coração se despedaçar, quando não pude estancar uma dor. Nunca imaginei que uma coisinha tão pequenina, pudesse mudar tanto a minha vida e que pudesse amar alguém tanto assim. E não sabia que eu adoraria ser mãe.

Antes de ser mãe, eu não conhecia a sensação, de ter meu coração fora do meu próprio corpo. Não conhecia a felicidade de alimentar um bebê faminto. Não conhecia esse laço que existe entre a mãe e a sua criança. E não imaginava que algo tão pequenino, pudesse fazer-me sentir tão importante.

Antes de ser mãe, eu nunca me levantei à noite toda, cada 10 minutos, para me certificar de que tudo estava bem. Nunca pude imaginar o calor, a alegria, o amor, a dor e a satisfação de ser uma mãe. Eu não sabia que era capaz de ter sentimentos tão fortes.

Por tudo e, apesar de tudo, obrigada Deus, por eu ser agora um alguém tão frágil e tão forte ao mesmo tempo.

Obrigada meu Deus, por permitir-me ser Mãe!
 [Silvia Schmidt]




Porque depois de vocês...




"Eu, muitas noites, me debrucei sobre o teu berço e verti sobre teu pequenino corpo adormecido as minhas mais indefesas lágrimas de amor, e pedi a todas as divindades que cravassem na minha carne as farpas feitas para a tua."
[Vinicius de Moraes]




Ângelo Gabriel (meu raiozinho de sol) e Eduarda Gabriele (minha estrelinha risonha)...

Na falta das palavras, a nossa canção:

"Eu tenho tanto pra lhe falar
Mas com palavras não sei dizer
Como é grande o meu amor por você

E não há nada pra comparar
Para poder lhe explicar
Como é grande o meu amor por você

Nem mesmo o céu nem as estrelas
Nem mesmo o mar e o infinito
Não é maior que o meu amor
Nem mais bonito

Me desespero a procurar
Alguma forma de lhe falar
Como é grande o meu amor por você

Nunca se esqueça, nem um segundo
Que eu tenho o amor maior do mundo
Como é grande o meu amor por você

Mas como é grande o meu amor por você."
 [Roberto Carlos]


Amar vocês é pouco! 

Feliz Dia das Mães!!!

Disseram que eu só cresceria se eu soubesse aceitar...


“...em certas situações a gente
aceita o que consegue.”

A Menina que Roubava Livros

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Estou assim... Quase assim... Tão assim...


"Ando bem, mas um pouco aos trancos.
Como costumo dizer, um dia de salto 7,
outro de sandália havaiana."

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Eu vivo na espera de poder viver a vida com você...


"Eu amo que você sinta frio quando está fazendo 21º lá fora. Amo que você leve uma hora e meia para escolher um sanduíche. Eu amo a ruguinha que você faz no nariz quando está olhando pra mim como se eu fosse maluco. Amo que, depois de ter passado o dia com você, eu possa continuar sentindo o seu perfume nas minhas roupas. E amo que você seja a última pessoa com quem eu quero falar antes de dormir à noite. E não é porque estou sozinho, e nem porque é noite de ano novo. Eu vim aqui esta noite porque quando você descobre que quer passar o resto da sua vida com alguém, você deseja que o resto de sua vida comece o mais rápido possível."

(Harry e Sally - Feitos um para o Outro)


domingo, 1 de maio de 2011

Como uma estrela atravessando o meu céu... Você apareceu na minha vida...


"Ele apareceu tão de repente na sua vida, com aquele brilho manso no olhar, com aquela meiguice na voz, sem pedir coisa alguma, meio como um Pequeno Príncipe caído de um asteróide. A princípio você nada percebeu de diferente. O susto veio quando você se lembrou das palavras da raposa, explicando ao Pequeno Príncipe o que era ficar cativo: É assim. A princípio você senta lá e eu aqui. Depois a gente vai ficando cada vez mais perto. Os passos de todos os homens me fazem entrar dentro da minha toca. Mas os seus passos me fazem sair. E, depois, é a alegria. Começo a ficar alegre e a me preparar na segunda-feira, sabendo que você só virá na sexta."